Quem foi Nossa Senhora de Fátima?

15.Junho.2022
 

Quem foi Nossa Senhora de Fátima?! É importante destacar que essa devoção mariana tão importante e popular para a Igreja surgiu na cidade de Fátima, em Portugal, e espalhou no mundo todo quando a Mãe de Deus apareceu aos pastorinhos, Lúcia, Francisco e Jacinta.

 

Com idades de 10, 9 e 7 anos, respectivamente, a Virgem Maria aparecia aos três mensalmente, durante seis meses, de 13 de maio de 1917 a 13 de outubro daquele mesmo ano, na época da I Guerra Mundial.


Primeiras aparições  

Após participarem de uma missa na Paróquia de Fátima, em um domingo, as crianças foram pastorear o rebanho dos pais de Lúcia na Cova da Iria. 


Após avistarem um clarão, Nossa Senhora apareceu às crianças e, segundo as lembranças de Lúcia, Ela estava vestida toda de branco, com bordados dourados e uma cinta amarrada na cintura, “mais brilhante que o sol”, com um terço nas mãos e de uma inenarrável beleza. 


Por isso que a imagem de Nossa Senhora de Fátima é sempre representada com essas características, sendo fiel aos testemunhos das crianças, sobre sua aparência. 


Na primeira aparição, Ela pediu às três crianças para rezar com frequência pelos pecadores, além de fazer penitências e reparações às ofensas ao seu Imaculado Coração e ao Sagrado Coração de Jesus. Em tempos de guerra, Nossa Senhora apareceu pedindo paz, conduzindo a humanidade ao amor de Deus, através da devoção das crianças.


Na segunda aparição, no dia 13 de junho, temos um marco importante no aspecto referente à difusão da mensagem de Fátima. 


Escolhida por Deus como a porta-voz da devoção à Mãe de Deus, Lúcia foi incentivada por Nossa Senhora para aprender a ler e escrever. Anos mais tarde, ela redigiria um livro chamado Memórias da Irmã Lúcia, no qual revela toda a história de Nossa Senhora de Fátima. 


Como a notícia da aparição estava se espalhando pelo povoado, os pastorinhos estavam acompanhados de dezenas de pessoas neste segundo encontro, mas só a eles foi dado o dom de ver a Mãe. Lúcia e Jacinta escutavam tudo o que Ela dizia e Francisco podia apenas vê-la. 


Na terceira aparição, Nossa Senhora mostrou aos pastorinhos a visão do inferno, pedindo para que rezassem pelas almas. Apesar de terem o privilégio de se encontrar com Nossa Senhora, os pastorinhos sofreram com os incrédulos, que não acreditavam nos seus testemunhos, chegando a ser rotulados como mentirosos. Até mesmo religiosos e autoridades locais duvidavam das crianças. 


No dia 13 de agosto, os pastorinhos não conseguiram chegar à Cova da Iria, pois estavam presos, a mando das autoridades de Fátima, para um interrogatório. Assim que foram liberados a Virgem Maria apareceu de surpresa, seis dias após o ocorrido, enquanto as crianças pastoreavam o rebanho. 


Como os fiéis que acreditavam nas crianças deixavam ofertas no local, Nossa Senhora pediu para que fosse construída uma capela em sua honra, onde atualmente encontra-se o Santuário de Fátima.


Milagre do Sol  

No dia 13 de setembro, a Mãe apareceu novamente, prometendo que, em breve, realizaria um milagre. E a promessa foi cumprida no mês seguinte, no dia 13 de novembro, diante de uma multidão, com a presença de civis, autoridades, polícia e imprensa.


Embaixo de chuva, cerca de 70 mil pessoas aguardavam ansiosas o milagre anunciado por Maria, que, naquele dia, revelou sua identidade às crianças: “eu sou a Senhora do Rosário”. Por isso que o nome completo dessa evocação mariana é Nossa Senhora do Rosário de Fátima.


Assim, a chuva cessou, o sol começou a dançar, aproximando-se da Terra e quem tinha dúvidas sobre os testemunhos das crianças, passou a crer naquele dia. 



Leia também: Entenda os ensinamentos da Senhora do Rosário 



Segredos de Fátima 

Durante as aparições, Nossa Senhora também partilhou informações importantes com as crianças, que ficaram conhecidas como os segredos de Fátima. Eles foram divulgados ao mundo através dos registros de Lúcia, que se tornou irmã carmelita após ser escolhida como mensageira de Nossa Senhora. 


E quais forram esses mistérios?! O primeiro foi a vista do inferno. Nossa Senhora mostrou-lhes um mar de fogo, embaixo da Terra, para onde iam as almas dos pecadores.


Essa passagem foi importante, pois para salvar as almas deste terrível fim, Nossa Senhora pediu a devoção ao seu Imaculado Coração como um caminho seguro para evitar o fogo do inferno.


Nesta aparição, também fez um prenúncio sobre o fim da I e o começo da II Guerra Mundial, que ocorreria entre 1939 a 1945. 


Nossa Senhora disse-lhes que a Rússia precisaria ser consagrada ao seu Imaculado Coração e que o mundo viveria tempos de paz. Caso isso não acontecesse, novas guerras iriam ocorrer e os cristãos e o papa seriam perseguidos e mortos. 


Todos esses alertas feitos pela Mãe De Deus confirmaram-se através dos fatos históricos e mostram a compaixão da Mãe diante dos problemas humanos. Dessa forma, Nossa Senhora antecipa o milagre, como sempre fez, e aprendemos essa lição com a passagem das Bodas de Caná.


Ao notar a vergonha dos noivos, Nossa Senhora vai ao seu filho Jesus, certa de que seria atendida, dizendo: “eles não têm mais vinho”. Como bom filho que era, Cristo acolhe o pedido da mãe e realiza o milagre de transformar a água em vinho. 


E que relação essa passagem tem com a mensagem de Fátima?! Simplesmente tudo. Nossa Senhora antecipou aos pastorinhos os problemas que iriam acontecer, caso o ódio e as ofensas a Deus e ao seu coração persistissem na humanidade.


Um dos mistérios revelados por irmã Lúcia foi o atentado ao papa João Paulo II, fato que se confirmou no dia 13 de maio de 1981, quando o santo padre foi atingido por um tiro e curado pela intercessão mariana. 


Através dos segredos de Fátima, Maria trouxe com ele os milagres: a vida do papa foi salva e a Guerra Fria, que colocou o mundo todo sob uma ameaça nuclear, também cessou com a queda do Muro de Berlim, em 1989.


Devoção de São João Paulo II  

Um ano depois do atentado, no dia 13 de maio de 1982, o papa João Paulo II fez sua primeira visita à cidade de Fátima. Na ocasião, ele expressou seu sentimento de gratidão por ter sua vida salva, por meio da intercessão de Nossa Senhora.  


“Quero agradecer à Virgem pela sua intercessão, por salvar a minha vida e pela recuperação da minha saúde”. Para expressar de forma mais intensa sua devoção, ele doou ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, a bala que retiraram do seu corpo. Atualmente o objeto está na coroa da imagem mariana no santuário, na Capela das Aparições.



Leia também: Nossa Senhora de Fátima e os três pastorinhos

 

Centenário das aparições  

Apesar de as aparições de Nossa Senhora de Fátima acontecerem em 1917, só foi no dia 13 de outubro de 1930 que o culto a Nossa Senhora de Fátima foi autorizado pelas autoridades eclesiásticas, consideradas como “dignas de fé”. 


O centenário das aparições foi comemorado pelo Vaticano em maio de 2017, com a visita do papa Francisco ao Santuário de Fátima, em Portugal. Naquele ano, o Santuário informou que recebeu 9,4 milhões de peregrinos do mundo inteiro.


O marco das comemorações foi a canonização dos santos Francisco e Jacinta, presidida pelo papa Francisco no dia 13 de maio de 2017, data que faz alusão à primeira aparição da Virgem Santíssima aos três pastorinhos.

 

Anjo da Paz

Um fato que nem todos conhecem é que os pastorinhos foram preparados por Deus antes das efetivas aparições de Nossa Senhora, através do Anjo da Paz. No ano de 1916, o mensageiro da providência divina, também conhecido como Anjo de Portugal, apareceu às crianças na região da Loca do Cabeço, em Fátima.


O anjo se identificou e foi preparando o coração dos pastorinhos para acolher, posteriormente, a Virgem Maria, com palavras de incentivo, fé e coragem. 


Nas Memórias de Lúcia descritas em seu livro, ficam nítidas suas palavras de encorajamento, indicando a oração como caminho que nos leva à misericórdia divina. “Orai assim. Os Corações de Jesus e Maria estão atentos à voz das vossas súplicas”, disse-lhes. 


Analisando as entrelinhas dos dizeres do Anjo, é possível ver que ele já sugeria a devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria.

 

Em outras duas aparições daquele mesmo ano, o Anjo da Paz encorajava as crianças para permanecerem vigilantes em oração e oferecem a Deus e Nossa Senhora súplicas em reparação aos pecados cometidos no mundo inteiro.

 

Como rezar o rosário?

Como Nossa Senhora de Fátima apareceu com um terço das mãos e pedia para os pastorinhos rezarem incessantemente pelas afrontas da humanidade ao coração de Deus, é importante ressaltarmos a importância do rosário na vida dos católicos e as graças abundantes, que podem ser alcançadas por aqueles que oram com muita fé.


Temos, então, o rosário como uma herança da Mãe de Deus, pois foi Ela quem ensinou essa poderosa oração aos pastorinhos. Dessa forma, a reza do terço e a devoção ao Imaculado Coração são remédios contra os males do mundo. 


Nossa Senhora incentivava a reza do rosário para a humanidade alcançar o fim da guerra e, em suas aparições, milhares de pessoas compareciam à Cova da Iria, para orar com os pastorinhos e deles se aproximavam para apresentar suas súplicas e intenções. 


O termo rosário significa coroa de flores e, atualmente, é composto por terços com 50 contas pequenas simbolizando as Ave-Marias. Elas são intercaladas por contas maiores, que representam os Pais-Nossos.

 

Além das orações, os fiéis rezam os mistérios, conforme os dias da semana. Os mistérios são divididos em cinco partes, que são anunciados antes de cada Pai Nosso. 


Após o término das 10 Ave-Marias de cada mistério, é preciso rezar o Glória ao Pai, acompanhado da oração: “Ó, meu bom Jesus, perdoai-nos e livrai-nos do fogo do inferno, levar as almas todas para o céu e socorrei, principalmente, aquelas que mais precisarem da vossa misericórdia e proteção”. 


Essa oração foi recomendada por Nossa Senhora e, segundo os teólogos, ela recorda como o filho pródigo se apresenta diante de Deus, sugere que cada um busque sua salvação de acordo com sua correspondência e ligação com o Pai e, por fim, mostra que a prática da misericórdia liberta o ser humano de todos os males, proporcionando crescimento espiritual. 


O terço e os dias da semana  

A segunda-feira e o sábado são dedicados aos mistérios gozosos, que contemplam a anunciação do Senhor, a visita de Nossa Senhora a sua prima Isabel, o nascimento de Jesus e o encontro de Jesus no templo.


Na quinta-feira são celebrados os mistérios luminosos, que trazem uma meditação sobre o batismo do Senhor, Jesus nas Bodas de Caná, o anúncio do Reino e o convite à conversão, a transfiguração de Cristo e a instituição da Eucaristia. 


Já a terça e a sexta-feira são dedicadas aos mistérios dolorosos, que fazem alusão à agonia de Jesus no Jardim das Oliveiras, sua flagelação, a coroação de espinhos, o Senhor carregando a cruz e, por fim, sua crucificação e morte.


Na quarta-feira e no domingo são rezados os mistérios gloriosos, compostos pela ressurreição de Jesus, ascensão ao céu, vinda do Espírito Santo, Assunção de Nossa Senhora e Coroação de Nosso Senhor. 


Santuário de Fátima  

O Santuário de Fátima, localizado na cidade que batiza seu nome, em Portugal, recebe peregrinos do mundo todo e transmite muita paz a todos que por lá visitam. É um local de meditação e contemplação, onde é possível sentir uma perfeita comunhão com Deus. Percorrer cada cantinho é como ser guiado(a) por Nossa Senhora. 


Considerado atualmente como um santuário nacional pela Santa Sé, sua história surge através da aparição de Nossa Senhora no dia 13 de outubro, quando ela se identifica como a Senhora do Rosário e pede às crianças para que naquele local fosse construída uma capela. 


Acolhendo o pedido da Mãe, a capelinha foi erguida no ano de 1919, na Cova da Iria (mesmo local das aparições) e desde então foi sendo edificada ao longo dos anos, para acolher aos milhares de peregrinos, até se transformar em Santuário. 


Atualmente a capela das aparições faz parte do complexo do Santuário e é o local de onde parte a procissão de velas, programação realizada após a reza do terço, que conta com a participação de pessoas e grupos de peregrinos de todos os países, no período noturno.


O Santuário também abriga a Igreja antiga, onde estão situados os túmulos de irmã Lúcia, Jacinta e Francisco; o Museu de Fátima e a nova Basílica, inaugurada no ano de 2017, com arquitetura moderna e maior que a antiga para acolher e abrigar um número maior de peregrinos.

 

Imagem peregrina

Você sabia que, desde 1947, uma imagem de Nossa Senhora de Fátima percorre o mundo inteiro?! Ela foi feita a pedido da irmã Lúcia e, a partir de então, visita diversos países, levando uma mensagem de amor e paz.

 

É importante destacar o contexto em que ela começou a peregrinar: dois anos após o término da II Guerra Mundial. A pedido de um pároco da cidade de Berlim, na Alemanha, a imagem percorreu os países da Europa, atingidos direta e indiretamente pelo conflito, até chegar à fronteira com a Rússia.


Depois de meio século de peregrinação, a imagem retornou ao Santuário de Fátima, saindo apenas em situações extraordinárias, conforme orientação da Reitoria do Santuário. 


Mais recentemente, no ano de 2003, durante a solenidade da Imaculada Conceição, a Imagem foi entronizada na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, sendo colocada em uma coluna próxima ao altar principal. 


E para dar uma resposta aos pedidos do mundo inteiro, 13 réplicas da Imagem Original foram feitas e percorrem os países nos tempos atuais. Inclusive, uma delas está em peregrinação em Goiânia, onde visita diversas paróquias e comunidades, da Arquidiocese de Goiânia, até o  dia 31 de julho de 2022. 


Em cada visita, os fiéis testemunham milagres e graças alcançadas pela devoção à Nossa Senhora do Rosário de Fátima.


A Imagem esteve recentemente na Ucrânia, país totalmente devastado pela guerra. 



Leia também: Você conhece a imagem de Nossa Senhora de Fátima?  

 

Lições de Nossa Senhora  

Conhecer a história e o contexto das aparições de Nossa Senhora de Fátima também é um convite para os católicos compreenderem que a fé mariana é o caminho até Jesus. Na oração do Angelus, do dia 17 de março de 2013, o papa Francisco fez uma reflexão sobre a proposta espiritual de devoção à Maria.


“Toda a sua vida foi seguir o seu filho: Ele, Jesus, é a estrada, é o caminho. Avançar nesta peregrinação espiritual, que é a fé, é seguir a Jesus, ter os próprios sentimentos e atitudes d´Ele: humildade, misericórdia e solidariedade”, afirmou o pontífice. 


E como a Senhora do Rosário, é uma das evocações da Mãe de Deus, Ela traz a misericórdia divina sobre toda a humanidade, através do seu cuidado e intercessão. 


Em suas aparições, Maria mostrou que a oração, a penitência e a conversão são caminhos para a promoção do Reino de Deus na Terra. Ela nos pede para confiarmos em Deus e para que tenhamos uma entrega absoluta ao seu amor, que é fonte inesgotável de misericórdia. 


Também aprendemos com as aparições de Fátima a devoção reparadora ao Imaculado Coração de Maria como forma de alcançar o céu e livrar as almas pecadoras do inferno. 


Esse pedido de Nossa Senhora tem uma referência direta com a Sagrada Escritura, já que no Evangelho de Lucas, o Imaculado Coração de Nossa Senhora é citado nas passagens de Lc (2,19), “Maria conservava todas estas palavras, meditando-as no seu coração” e em Lc (2,51): “em seguida, desceu com eles em Nazaré e lhes era submisso. Sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração”.

 

Dessa forma, percebe-se como as aparições de Fátima foram importantes para popularizar a devoção ao Imaculado Coração de Maria, que hoje estampa tantos ícones importantes de devoção, desde imagens à peças de vestuário, para evangelizar o mundo através da mensagem mariana


Essa meditação foi feita pelo arcebispo emérito de Goiânia, dom Washington Cruz, durante a solenidade alusiva ao centenário das aparições, em maio de 2017, em Goiânia. Durante sua homilia, o religioso afirmou que a mensagem de Fátima é uma catequese viva e simples, como as crianças que a receberam, sendo de fácil compreensão para todas as pessoas. 


Nesse sentido, a coragem e a confiança dos pastorinhos devem ser uma inspiração para os jovens do mundo todo. Mesmo diante dos obstáculos e das ameaças daqueles que não acreditavam nos seus testemunhos, essas grandes almas alcançaram a santidade por serem mensageiros de Nossa Senhora aqui na Terra.


Com um coração puro e aberto a anunciar ao Evangelho, Lúcia, Francisco e Jacinta provaram sua grandeza de espírito. Essa postura pode ser vista claramente na análise do professor José Rui Teixeira, da Universidade do Porto, que reflete sobre a missão das três crianças, através da citação a seguir.


 “A consciência e a esperança de que a força do amor acaba sempre por vencer é uma ressonância dessa voz que nos lembrou – há cem anos – que há um Coração Imaculado que triunfará”. 


Oração 

Santíssima Virgem, que nos montes de Fátima vos dignastes revelar aos três pastorinhos os tesouros das graças que podemos alcançar, rezando o santo rosário, ajudai-nos a apreciar sempre mais esta santa oração,  a fim de que, meditando os mistérios da nossa redenção, alcançaremos as graças que insistentemente vos pedimos (pedir graça). 

Ó meu bom Jesus, perdoai-vos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu e socorrei, principalmente, aquelas que mais precisarem, de vossa misericórdia e proteção. 


Nossa Senhora do Rosário de Fátima, rogai por nós! 


 


Expresse ao mundo sua devoção à Nossa Senhora de Fátima.  

Siga a Ágape nas redes sociais e confira todos os artigos que expressam seu amor por Maria, feitos especialmente para você e toda sua família. Estamos no Instagram e no Facebook. 


Na Loja Virtual, você também encontra peças de vestuário e acessórios destinados para o público adulto e infantil.  

 

Fotógrafo - Weslley Cruz (PUC Goiás)

 
 
 
 
 
 
Comente com o facebook
 
 
  •  
  •  
  •